sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

(5) Doença tireoideana: Hipotireoidismo

Hipotireoidismo é uma doença que decorre da diminuição ou ausência dos níveis hormonais tireoideanos. É a doença mais comum relacionada à tireóide, sendo mais frequente no sexo feminino.
Como já sabemos, os hormônios tireoideanos são responsáveis pela manutenção do metabolismo, ou seja, modulam a velocidade das reações químicas que envolvem energia. Portanto, a falta ou a escassez desse hormônio (hipotireoidismo) gera um quadro de lentidão metabólica, acarretando um conjunto de sintomas relacionados a isso.

A doença possui várias causas, entre elas:
- Doença auto-imune (tireoidite de Hashimoto), é a causa mais comum;
- A má formação da glândula tireóide;
- Defeito na produção e síntese dos hormônios;
- Ingestão de medicamentos que interferem na formação liberação dos    hormônios tireoideanos;
- Bócio(menos comumente).
- Etiologia indireta, relacionada à hipófise e aos níveis de TSH.

Hipotireoidismo formado pela doença de Hashimoto: Essa doença, por ser auto-imune, faz com que o  sistema imunológico do organismo ataque sua própria glândula tireóide, provocando danos que comprometem sua capacidade de produzir hormônios.

 Sintomas do hipotireoidismo:

- sonolência, raciocínio lento
- intolerância ao frio
- pele seca e cabelos finos ou quebradiços
- intestino preso e digestão lenta
- frequência cardíaca lenta
- desânimo, depressão
- infertilidade
- pequeno ganho de peso

O hipotireoidismo, se não tratado, acarreta um prejuízo na performance física e mental. Além disso, pode acarretar problemas cardíacos devido ao aumento no nível de colesterol. A longo prazo, essa doença pode levar a um quadro chamado coma mixedematoso(perda de consciência, mau funcionamento do coração).

Quimicamente: No paciente com hipotireoidismo, existe um alto nível de TSH hipofisário, em conjunto com um nível baixo (ou até normal) de T4. No caso em que os níveis de T4 ainda estão normais, o quadro é chamado Hipotireoidismo Subclínico.
TIREÓIDE NORMAL
TSH e T4 normais
HIPOTIREOIDISMO INICIAL OU LEVE (SUBCLÍNICO)
TSH alto e T4 normal
HIPOTIREOIDISMO INSTALADO (CLÍNICO)
TSH alto e T4 baixo

Tratamento:  Pode ser feito com a reposição do hormônio T4, com a levotiroxina (forma farmacológica do hormônio). O paciente precisa tomar doses regulares desse medicamento por todos os dias, porém, o desaparecimento dos sintomas já é visível em aproximadamente 2 semanas de uso.

" Então, quem tem hipotireoidismo é uma pessoa doente para a vida toda?

Pessoas com hipotireoidismo precisam fazer o tratamento correto, com o uso diário de levotiroxina na dose mais adequada para sua situação. Se estiverem usando a medicação regularmente, e dessa forma mantendo os níveis de TSH dentro dos valores normais, elas podem ter uma vida saudável, feliz e completamente normal.
No entanto, se o hipotireoidismo não for tratado corretamente, ele pode se tornar um problema sério de saúde, comprometer a capacidade da pessoa realizar suas tarefas e até mesmo representar um risco de vida em casos extremos." 

Fonte: Portal Endócrino - Dr. Leandro Diehl










Sabrina Sato: Exemplo de pessoa que convive com o hipotireoidismo de modo saudável

Postado por: Matheus Naves Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário